Suspiria (1977)




Simplesmente extravagante, com certeza o melhor filme sobre Bruxaria ja feito, as criticas sobre Suspiria são positivas pelo mundo todo, é claro que não por seu enredo e roteiro mais   sim por seu clima sombrio e opressivo e grande transparência de detalhes e seu visual estilizado.

Suspiria nos traz como ponto forte a belíssima fotografia, o magnifico uso das cores que contrastam junto com o clima sombrio, perfeitas rotações de câmera e cenas teatrais surreais, tudo isso embalado por uma trilha sonora instrumental assustadora. Mas loucura e surpresa foi o que sempre esperamos dos filmes de Argento facadas entrado por todos os lados, Órgãos expostos e muito sangue. O Cara é um doidão varrido basta dar uma olhada na cara dele e já se percebe.


Logo no inicio do filme nos deparamos com uma cena antológica e brutal, um assassinato que termina com um enforcamento. Ja a Historia se passa dentro de uma escola de balé que envolve muito mistério e ocultismo, durante o desenrolar do filme seremos apresentados a vermes, cães furiosos e até a um morceguinho pra la de inquieto, tudo isso Fruto da obra de uma boa magia Negra.

Argento não tendo um roteiro muito elaborado, leva o filme direto ao ponto nos livrando daquele chato desenvolvimento detalhado de personagens e até da propiá trama, dando ao filme uma grande liberdade de expressão. Segundo Argento o objetivo de Suspiria era filmar uma história de bruxas filtrada pelos olhos de uma criança assustada, um horror recheado de sustos puros e inocentes.

Um dos únicos defeitos onde o filme peca é o seu enredo indeciso e confuso, personagens que não demonstram panico diante de Mortes, e também alguns infelizes que desaparecem sem explicação, mas nada que vá influenciar muito na qualidade da obra.


Bom Galera Filme recomendadíssimo, um show de cores e sons e que tem o toque do Mestre nas Cenas de mortes e assassinato. Suspiria é um filme necessário para você que é fã de filmes de terror e quer conhecer também a mente perturbada de Argento. 

Curiosidades

Um remake americano já está em produção e estrelará Natalie Portman (O Cisne Negro, 2011) sob a duvidosa direção de David Gordon Green que até agora somente dirigiu comédias como "Segurando as Pontas" (2008). Um remake japonês em anime também está em produção e ambas as versões ainda não têm data de lançamento;

Foi indicado para dois Saturn Awards: Melhor Atriz Coadjuvante em 1978 e Melhor DVD de um Classico em 2002;

A revista Empire classifica o filme na posição 45 dos 100 Melhores Filmes do Cinema Mundial;

Último filme de Joan Bennet;

Uma pena de cristal é vista sobre um ornamento em referência a "As Plumas de Cristal"(1970);

Originalmente o filme estrelaria Daria Nicolodi, namorada de Argento na época, no papel principal, mas o diretor optou por uma atriz mais nova. Mesmo assim Daria pode ser vista duas vezes durante o filme;

A mulher que interpreta Helna Markos não é creditada. De acordo com Jessica Parker, a mulher era uma ex-prostituta de 90 anos que Argento encontrou nas ruas de Roma;

A inspiração para o filme veio de uma história que a avó de Daria Nicolodi costumava contar. Segundo a senhora, ela havia fugido de uma escola de balé na Alemanha por ter descoberto que o local abrigava bruxas;



A cena final do filme foi inspirada em um sonho recorrente de Daria Nicolodi, que participou  da confecção do roteiro;

Segundo Jessica Harper, o som era raramente gravado no set porque o filme seria dublado para outras línguas posteriormente. Outro fator que impunha essa regra era a língua natal dos diversos atores e atrizes, que por vezes falavam apenas italiano ou alemão;

É o primeiro filme italiano a usar a recém inventada steamdicam.


Titulo Original: Suspiria
Direção: Dario Argento
Ano: 1977
País: Itália
Musica: Dario Argento e Goblin
Roteiro: Dario Argento e Daria Nicolodi
Duração: 98 Minutos

Elenco - Jessica Harper (Suzy Bannion), Stefania Casini (Sara), Flavio Bucci (Daniel), Miguel Bosé (Mark), Barbara Magnolfi (Olga), Susanna Javicoli (Sonia), Eva Axén (Patty Hingle), Rudolf Schundler (Prof. Milius), Udo Kier (Dr. Frank Mandel), Alida Valli (Srta. Tanner), Joan Bennett (Madame Blanc), Jacopo Mariani (Albert), Giuseppe Transocchi (Pavlo).

Sinopse - Uma jovem bailarina americana viaja para a Europa para entrar em um instituto de dança renomado. Depois de um bizarro assassinato no local e situações estranhas, a jovem descobre que o instituto é apenas uma fachada para uma organização de bruxas que pretende instaurar o caos e a destruição no mundo.

Compartilhar no Google Plus

Autor Jorge Eduardo

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo no html
    Blogger Comentarios

0 5:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial